31 de janeiro de 2012

News #25 - Lançamento - Editora Suma de Letras

Boa tarde, pessoas.
Tudo bem com vocês? Espero que sim ;)
Hoje, vim divulgar um super lançamento da Editora Suma de Letras: o 3º volume da série A Torre Negra, em HQ, do Stephen King.

A Torre Negra, volume 3 - traição
De Stephen King

Terceiro volume da série de quadrinhos baseada no sucesso editorial A Torre Negra, de Stephen King, a HQ Traição é assinada pela mesma equipe de criação de Nasce o pistoleiro e O longo caminho para casa, ambos já editados no Brasil pela Suma de Letras. O roteiro das histórias é assinado por Peter David, escritor de HQs de ficção científica e responsável por clássicos como O incrível Hulk e Aquaman, com adaptação de Robin Furth, assistente de pesquisa do próprio King. As ilustrações são de autoria de Jae Lee e do francês Richard Isanove, que desenharam edições de fenômenos pop como Homem-Aranha e X-Men, respectivamente.
Na trama, as coisas não andam bem no Mundo Médio. Roland Deschain, o jovem pistoleiro cujo destino é encontrar e proteger a Torre Negra, é atormentado por terríveis visões geradas pela Toranja de Merlin, a esfera que tem o poder de prever o futuro. O Rei Rubro, inimigo maior dos habitantes do Mundo Médio, trama há tempos a destruição da Torre e da própria realidade em que Roland e seus amigos vivem. E Roland, confrontado pelas visões enviadas pela Toranja, não consegue ver com clareza que o plano nefasto já está em andamento.
Traição leva a saga de quadrinhos de A Torre Negra a um ponto extremo de suspense. Neste volume, o ka-tet (grupo de pessoas unidas pela fé) ligado a Roland Deschain – entre os quais estão  os amigos Alain John e Cuthbert Allgood – lida com eventos que sucedem o retorno a Gilead, a cidade natal do protagonista.
As aventuras de Traição e das demais edições ilustradas de A Torre Negra contam com uma peculiar mescla entre terror, ficção científica e faroeste e mantêm a originalidade do trabalho de Stephen King, que pessoalmente supervisionou a realização da série de HQs.

Sobre o autor:
STEPHEN KING já escreveu mais de quarenta romances e duzentos contos, entre eles diferentes clássicos adaptados para o cinema, como Carrie, a Estranha e O Iluminado. Em 2003, recebeu a medalha do National Book Foundation, pela sua distinta contribuição à literatura norte-americana, e o prêmio Libris da Canadian Booksellers Association pelo conjunto da obra. Em 2007, foi nomeado Grande Mestre dos Escritores de Mistério dos Estados Unidos. Alguns de seus best-sellers mais recentes são a série A Torre Negra, os romances Love – A História de Lisey, Celular, À Espera de um Milagre e Saco de Ossos. O autor vive no estado de Maine, nos Estados Unidos, com a esposa, a romancista Tabitha King.

Título: A torre negra, vol. 3 - traição
Autor: Stephen King
Adaptação: Peter David e Robin Furth
Tradução: Eduardo Tanaka/FL
Editora: Suma de Letras
Preço: R$ 59,90
Páginas: 152


Espero que tenham gostado da novidade!
Beijão! E até mais! :*

30 de janeiro de 2012

ME WANT! Marcadores de página fofos

  Fala, galero, como vão?
  Hoje eu trouxe algo que tem tudo a ver com vocês: marcadores de página. E dos fofos!
  São 5 modelos de coelhinhos, um deles fazendo cosplay de ninja:

  Cada modelo vem com 20 marcadores, um total de 100 por cartela. Dá pra marcar seus livros, agenda, bula de remédio...



 
  Dá pra fazer anotações nos marcadores, inclusive nos de ninja se tiver caneta branca ou prata. Claro que se você fizer isso, vou pessoalmente até sua casa usar sua cabeça como borracha :)


  Os marcadores são bem baratinhos, tem lá na Eu Compraria! Um prato cheio pra quem coleciona marcadores.

  É isso, gente. Espero que tenham gostado.
  Até o próximo ;)

Promoção de aniversário! 3 anos de Stuck on Them!

Olááá pessoas!
Tuuudo bem? Espero que sim.
Bom, nesse mês de fevereiro que está chegando, o Stuck on Them irá completar 3 aninhos de existência (aeeee! \o/). Mas, quem ganha presente de aniversário, serão vocês! Gostaram, né? Serão quatro kits, com quatro livros e mais umas coisinhas. Confiram:

Kit 1
Livro Julieta Imortal;
Adeviso da Editora Grupo Pensamento;
Livreto de O Diário de Suzana para Nicolas;
Oito marcadores diveros;

Kit 2
Livro O Preço de Um Lição;
Mochila;
Um cordão com uma aliança;
Adesivo da Editora Grupo Pensamento;
Livreto de O Diário de Suzana para Nicolas;
Seis marcadores diversos;

Kit 3
Livro Qual Seu Número?;
Um balde de pipoca referente ao livro;
Adesivo da Editora Grupo Pensamento;
Bloquinho de notas e button de A Maldição do Tigre;
Livreto de O Diário de Suzana para Nicolas;
Oito marcadores diversos;

Kit 4
Box com cadeado de senha + livro A Janela de Overton;
Livretos de Qual seu Número? e O Diário de Suzana para Nicolas;
Adesivo da Editora Grupo Pensamento;
Nove marcadores diversos;

Gostou? Para participar é simples! Agora o blog utiliza o Rafflecopter para realizar as promoções. Para saber mais, só ler esse post.
- A promoção chegará no fim no dia 29/02. O resultado será divulgado no dia 01/03.
- O envio dos livros é sobre minha responsabilidade, e será enviado ao ganhador em até um mês após a resposta do mesmo com o endereço.


a Rafflecopter giveaway


Boa sorte a todos!
Beijos!

Resultado do Sorteio de férias!

Bom dia, pessoas lindas.
Então... venho aqui para divulgar o resultado dos mimos de férias.
Confiram a ganhadora!

Parabéns para a Carla Teixeira. Foi a única que estava seguindo todas as regras do sorteio! Caso ela não entre em contato comigo em até 3 dias, o sorteio será refeito! :D

Fiquem atentos que ainda hoje a promoção de aniversário do blog entrará no ar!
Beijão! :*

29 de janeiro de 2012

Caixa de correios #5

Olááá, pessoas!
Aaah, domingo! Não que eu seja muito fã dele, mas hoje, em particular, estou adorando que seja domingo, e ainda mais, ensolarado! Mas chega de conversinha, vamos ao que interessa. Esse mês de janeiro foi BEM pouco movimentado. Não chegou muitas coisas, então, por isso não postei mais na caixinha de correios. Estava esperando acumular um pouco hehehe. Vamos lá!

Bom, como vocês sabem, já tem até a resenha de Cidade de Vidro (Editora Galera) no blog, mas eu ganhei ele em janeiro, da minha irmã. :B

Aaah, esse livro foi um presente do Markus Tayer e junto com o livro veio alguns marcadores autografados que serão sorteados aqui no blog. Estou suuuuper ansiosa pra lê-lo. É lançado pela Editora Novo Século, pelo selo de Novos Talentos, que apoia os novos escritores brasileiros. Logo terá resenha dele aqui no blog!

E chegou esse presente da Editora Suma de Letras. O primeiro livro de parceria. O Atlas Esmeralda, do autor John Stephens. O engraçado é que eu não estava esperando recebê-lo essa semana, então foi uma surpresa e tanto! Esse livro será a minha próxima leitura.


Esses livretos e marcadores autografados, eu recebi da fofa da Graciela Mayrink, autora do livro "Até Eu te Encontrar", que estou louca pra ler, já que vi críticas MUITO boas a respeito!

O que eu li:
Cidade de Vidro - Cassandra Clare (resenha aqui)

O que estou lendo:
Quando Ela se Foi - Harlan Coben 

Bom pessoas, foi isso que recebi no mês de janeiro, em geral. Eu queria muito que essa coluna no blog fosse semanal, como vários blogs fazem, mas não é sempre que ando recebendo coisas :/ Então, sempre que tiver coisinhas, eu publicarei. E desculpem mais uma vez pela qualidade das fotos. Uma das metas desse ano é comprar uma máquina fotográfica melhor :B quem sabe eu consiga, né?
Um beijo para vocês! Até a próxima! :*

26 de janeiro de 2012

News #24 - Editora Galera

Boa tarde, pessoas!
Vim aqui divulgar uma SUPER novidade pra quem é fã da Cassandra Clare (que nem eu hehe). Em MAIO, a Editora Galera vai lançar a nova série dela.
E o primeiro já está com a capa pronta!
Veja as informações:


Sinopse: Quando Tessa Gray, uma jovem de dezasseis anos, atravessa o oceano para se reunir ao irmão, o seu destino é a Inglaterra do reinado da rainha Vitória e aventuras aterrorizantes aguardam-na no Mundo-à-Parte de Londres, onde vampiros, bruxos e outras personagens sobrenaturais palmilham as ruas iluminadas a gás. Apenas os Caçadores de Sombras, guerreiros que se dedicam a livrar o mundo de demónios, conseguem manter a ordem no caos. Raptada pelas misteriosas Irmãs Escuras, membros de uma organização secreta chamada Clube Pandemonium, Tessa fica a saber que também pertence ao Mundo-à-Parte e que possui uma habilidade rara: o poder de se transformar, quando quer, noutra pessoa. Além disso, o Magister, a figura misteriosa que dirige o clube, tudo fará para reclamar o poder de Tessa para si. Sem amigos e perseguida, Tessa refugia-se junto dos Caçadores de Sombras do Instituto de Londres, que lhe juram encontrar o irmão se usar o seu poder para os ajudar. Em breve se sente fascinada, e dividida, entre dois amigos: James, cuja beleza frágil esconde um segredo mortal, e Will, um rapaz de olhos azuis, cujo humor cáustico e temperamento volúvel mantêm toda a gente à distância... ou seja, todos menos Tessa. Enquanto a investigação os vai arrastando para o âmago de uma conspiração tenebrosa que ameaça destruir os Caçadores de Sombras, Tessa percebe que poderá ter de escolher entre salvar o irmão e ajudar os seus novos amigos a salvar o mundo... e que o amor pode ser a magia mais perigosa de todas.

NOVA SÉRIE DA CASSANDRA CLARE EM MAIO!

"Vocês que leram Instrumentos mortais podem imaginar o trabalhão que a Cassandra Clare deve ter tido pra escrever esses livros. Em sua nova série, “As peças infernais”, cujo primeiro volume, Anjo mecânico, a Galera lança em maio, a autora precisou de uma dose e tanto de pesquisa.
A protagonista agora é Tessa Gray, uma jovem garota americana que se muda para Londres logo após a morte de sua tia, em Nova York. Mas não estamos falando da Londres de hoje: a história se passa na época vitoriana, há mais ou menos 130 anos antes de começarem as aventuras de Clary e Jace (!!) Anjo mecânico é uma prequel (ou seja, explora os acontecimentos anteriores) da série Instrumentos mortais.
E mesmo com alguns elementos da série anterior aparecendo nesse novo projeto, quem ainda não leu Cidade dos ossos, Cidade das cinzas e Cidade de vidro (Aliás, cês tão esperando o quê, gente?) não precisa se preocupar: dá pra aprender direitinho como funciona o mundo dos Caçadores de Sombras.

Pra diminuir - ou aumentar!! - um pouquinho a ansiedade, confiram nesse link o booktrailer oficial do livro (em inglês). http://www.youtube.com/watch?v=6SOxzLY2OpA."

Veja o booktrailer em inglês!





Eu surtei *_* Preciso dessa série, tanto quanto a continuação de Os Instrumentos Mortais *_*
Ai ai ai, o que nos resta é aguardar.

Beijão, e até mais! :*

25 de janeiro de 2012

Divulgando #3 - Editora Novo Conceito

Bom dia, people!
Começando o dia com uma super novidade:  Editora Novo Conceito divulgou ontem capas de lançamentos desse ano! Confiram!

Beijada por Um Anjo - 5º volume da série


Sinopse: Ivy está "extática", pois seu namorado,que morreu, Tristan está de volta na terra com ela, mas a vida de um anjo caído nunca é fácil. Tristan foi derrubado no corpo de um assassino, e a polícia está atrás dele. Agora, há apenas uma maneira dele e Ivy ficarem juntos: eles devem livrá-lo do assassinato. Mas fica claro que existem forças mais escuras nisso tudo, e Tristan e Ivy ainda estão pagando o preço pela sobrevivência miraculosa de Ivy no acidente de carro. O amor dos dois está em jogo. E um deles pode não estar vivo por muito mais tempo...



Não li nenhum livro dessa série, que é muito comentada. Parece ser aquelas de 8 ou 80, amor ou ódio. Morro de curiosidade de ler... quem sabe entra na lista de livros desse ano.
Mas, voltando ao assunto da capa, de todas, essa foi a que eu mais gostei. Muito fofa.

Um Mundo Brilhante


Sinopse: Uma manhã de novembro, Ben Bailey sai de sua casa em Flagstaff, Arizona para apanhar o jornal. Ele encontra Ricky Begay, um jovem Navajo, que foi espancado e morto na neve recém-caída. Incapaz de esquecer o incidente, especialmente quando ele conhece a irmã de Ricky, Shadi, Ben começa a questionar tudo, de seu trabalho como professor de história até seu relacionamento com sua noiva, Sara. Ben decide descobrir a verdade sobre a morte de Ricky, na esperança de preencher as lacunas em sua própria vida. No entanto, as respostas vão deixá-lo dividido entre amor e responsabilidade, e entre o seu futuro certo e as escolhas que poderia libertá-lo a um custo. "Um Mundo Brilhante" é o livro de T. Greenwood, que  fãs e críticos têm esperado - aquele que coloca sua reputação como um dos talentos mais eloqüente e impressionante de hoje.

Ansiosos? Posso dizer que eu fiquei bastante! Vamos aguardar, pois fevereiro promete ser um mês bem recheado de novidades ;)
Beijos!

24 de janeiro de 2012

Resenha: Cidade de Vidro - Cassandra Clare

Cidade de Vidro
Autora: Cassandra Clare
Editora: Galera
Páginas: 476

Sinopse: Clary está à procura de uma poção para salvar a vida de sua mãe. Para isso, ela deve viajar até a Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras, criando um portal sozinha. Só mais uma prova de que seus poderes estão mais sofisticados a cada dia. Para Clary, o perigo que isso representa é tão ou menos assustador quanto o fato de que Jace não a quer por perto. Mas nem o fora de Jace nem estar quebrando as regras irão afastá-la de seu objetivo: encontrar Ragnor Fell, o feiticeiro que pode ajudá-la a curar a mãe. 


Uma esperança. Um amor. Uma guerra. É tudo isso que cerca a vida de Clary nesse volume. Podemos dizer que esse, de longe, foi o mais bem trabalhado livro (não sei enquanto aos outros que vão ser lançados aqui ainda). Mais descritivo, melhor nos diálogos e, claro, muita evolução de muitos personagens. E aparecimento de novos.
Depois de achar que tudo estava praticamente perdido, Clary descobre que há um jeito de curar sua mãe, através de uma amiga de infância de Jocelyn. E, para tanto, Clary necessita ir para a famosa Idris, ou melhor Alicante - a Cidade de Vidro. Acidentalmente, Simon acaba indo à Idris, junto com os Lightwoods  e Jace e deixando Clary de porpósito para trás. Ela, sabendo sobre seus poderes e sendo um tanto teimosa, dá um jeitinho, e consegue chegar à Cidade, junto com Luke, mesmo que clandestinamente.
Sabendo que Clary o desobedeceu, Jace dá um jeito de começar a ignorá-la (voltando a ser o bom e velho Jace mau-humorado - particularmente eu adoro esse jeito dele, e o seu humor instável... isso faz com que a série não caia num senso comum, de um romance água com açúcar), mesmo quando todos os poros de seu corpo gritam por ela, e ele sabe que é "proibido" sentir isso.
Sozinha, Clary tem que dar um jeito de tentar salvar a sua mãe. E quando tudo parece perdido... Sebastian Verlac surge. Um tanto encantador, ele faz, de início, Clary acreditar que não está sozinha na batalha. 
E não podemos esquecer de Valentim, que está fazendo de tudo para subir ao poder, destruir a raça de Nephilim para começar do zero, uma raça, a qual o terá como mestre. E só há uma pessoa capaz de impedir.
Muitas revira-voltas, revelações, descobertas, amores (atenção para Magnus e Alec), momentos de ódio, incredulidade, novas posturas (Simon e Isabelle).

"- Porque você pediu. - Silenciosamente, traços os contornos do rosto dela com os dedos, como se estivesse certificando de que ela era real. - Podia ter pedido qualquer coisa no mundo, e pediu a mim, por mim.
Sorriu pra ele. Por mais que estivesse imundo, coberto de sangue e terra, era a coisa mais linda que já tinha visto.
- Mas não quero mais nada no mundo."
(Jace e Clary - página 440)

Como eu disse, esse é o melhor livro dá série, por enquanto. Se me perguntarem qual personagem eu mais gosto, ainda vou responder o Jace, e acho que ele é o queridinho de quase todos. Cassandra conseguiu desenvolver bem a "alma" desse personagem de seu livro. Enquanto a Clary, acho que ela deveria ser um pouco mais decidida, já que ela é retratada como uma guerreira. Mas, são só meros detalhes. O livro, a série, as capas, tudo é muito bom, viciante.

Beijos :*

23 de janeiro de 2012

ME WANT! Lego Beco Diagonal

Fala, gente! Tudo bem com vocês? Tudo?! Que pena, vou acabar com a sua vida jajá!
Aqui é o Tico e essa é a coluna "ME WANT!" haha, sério? Pensei que o título fosse de zuá na qual postarei semanalmente (ou não) objetinhos de desejo que te levarão à falência (ou sim).

Hoje eu trouxe até vocês o Lego Harry Potter Beco Diagonal:


Daora, né?! A caixa vem com 2025 peças e 11 bonecos (Harry Potter, Lucius Malfoy, Fenrir Grayback, Sr. Olivaras, Fred Weasley, George Weasley, Ron Weasley, 2 gringotes, Rubeus Hagrid e Hermione Granger). Você poderá recriar o espaço onde os bruxos e bruxas fazem suas compras. Inclui o Banco dos Gringotes, a loja do Sr. Olivaras e muito mais.
Sofra mais um pouco:

21 de janeiro de 2012

Divulgando #2

Olá, minha gente! :D
Tudo bem com vocês?
Vim aqui hoje, divulgar o livro "Até Eu Te Encontrar", de uma autora parceira do blog, a Graciela Mayrink. 

Até Eu Te Encontrar
Como você se sentiria se descobrisse que não gosta da sua alma gêmea?
Editora: Vermelho Marinho
ISBN: 9788580930207
Ano: 2011
Páginas: 312
Sinopse: O quanto uma mudança de cidade pode afetar uma vida? Você acredita em alma gêmea? Como você se sentiria se não gostasse do grande amor da sua vida? É o que Flávia vai descobrir ao deixar Lavras, onde mora com os tios desde o acidente que matou seus pais, quando era criança. Aos dezoito anos, ela decide estudar Agronomia na Universidade Federal de Viçosa, trocando o sul de Minas pela Zona da Mata do mesmo Estado na esperança de uma “mudança de ares”.  Em sua nova vida, ela conhece Sônia, amiga de infância de sua mãe e agora sua vizinha, que lhe conta a história de sua família materna, até então desconhecida para Flávia. Embora o passado não seja sua maior preocupação, Flávia reluta em aceitar seu destino e ainda precisa superar uma paixão não correspondida pelo seu melhor amigo.
Para se ver livre dessa rejeição, ela tenta atrair sua alma gêmea para Viçosa e descobre que o grande amor de sua vida é uma pessoa que ela não suporta.

Hummmm... ficaram ansiosos para saber o que aconteceu, que nem eu? Gostaram? Quer saber mais? Cliquei aqui e leia o primeiro capítulo! Ou então sabia Onde Comprar!

Beijão! :*

20 de janeiro de 2012

Blábláblá #6 - Notícia

Bom dia, pessoas!
Logo cedo, eu estava no Facebook (que às vezes, BEM RARAMENTE, também é cultura), vi essa notícia e resolvi postar aqui no blog.


MULHERES COM INSTRUÇÃO MAIOR FICAM MAIS SOLTEIRAS

"Entre quem tem nível superior, número de solitárias supera em 54% o de homens na mesma situação"

"Quanto maior o nível de instrução, maior a chance de uma mulher viver sem companheiro. O número de mulheres com nível superior solteiras, supera em 54% o de homens na mesma situação. É o que revela a pesquisa feita IBGE e divulgada ontem pela "Folha de S. Paulo". 
O levantamento mostra que, entre os que têm curso superior completo, são de 820 mil mulheres a mais solteiras, viúvas ou separadas.
Nos demais grupos de instrução, diferença não passa dos 10% e quase não existe entre as pessoas que não completaram o nível fundamental: 3,79 milhões de homens.
A explicação é que, nos últimos 30 anos, as mulheres avançaram mais que os homens na educação. Em 1981, a população masculina com formação universitária era 35% maior. Mas, no final da década passada, a situação se inverteu e as mulheres já superavam os homens em 27%. Hoje, é comum encontrar casais em que a mulher é mais escolarizada. No caso das com formação universitária, 52% já vivem com um parceiro menos instruído."
Fonte: Metro

19 de janeiro de 2012

News #23 - Grupo Pensamento

Boa noite, pessoal!
Vim aqui publicar para vocês, as novidades e lançamentos de janeiro do Grupo Pensamento. Confiram!

Clique aqui para saber mais

Para saber mais, é só entrar no site da Editora e conferir as novidades desse mês!
Beijão! :*

18 de janeiro de 2012

News #22 - Nova parceria - Editora Mor

Bom dia, people linds.
Tuuudo bem?

Venho mostrar à vocês, hoje, a nova parceira do Stuck on Them, a Editora Mor.

A Editora Mor é nova no pedaço, mas com um pequeno diferencial. O alvo de publicação dela é outro, totalmente digital. Os chamados On-books.
Quer saber mais sobre esse projeto de On-books?

Sobre o Projeto On-Book
"O On-Book é uma nova forma de publicação digital. De forma prática, simples e atraente, o On-Book facilita a leitura online de livros, fanfics, contos, poesias e tudo o que você gostaria de publicar. A ideia foi inovar, tirar os livros dos pdf’s e não deixar que percam o aspecto de livro, com capa, orelha, diagramação e tudo o que um livro tem direito. 
O On-Book também foi criado para que seja impossível a cópia de sua obra, evitando dores de cabeça ao autor que deseja publicar seus trabalhos online. A impressão da obra é de opção do próprio autor.
O diferencial do On-Book para as demais publicações online, é que ele não perde o aspecto, a seriedade de um livro e a segurança, atingindo todos os públicos, e tanto leitor como autor, tem uma ampla interação com o On-Book e os demais serviços da Editora Mor. Além disso, o custo para produzir ou obter um dos nossos livros digitais é muito mais acessível, sem deixar de lado a qualidade do produto.
É importante destacar que durante a produção do on-book, o autor pode acompanhar todo o processo, ajudando na personalização do mesmo, com imagem de fundo, música, índice, diagramação, capa, entre outros recursos que estará a sua disposição.
A Editora Mor apoia e acredita nos escritores de fanfictions, por isso também inovou com a publicação de fanfics em formato On-Book, fazendo com que os autores de fanfics divulguem suas histórias de uma forma mais séria."

Gostou? Quer saber mais sobre? Visite o site da Editora Mor.
Devo ressaltar uma coisa que eu super interessante. O fato deles mexerem com fanfictions. Como escritora de uma, eu sei o quanto é bom ser reconhecida pelo esforço e pelo trabalho. E, sei também, que muitos escritores de fanfics tem o sonho de, talvez, melhorá-la e torná-la um livro. Com esse projeto da Editora, acho que abrirá muitas portas para muitas pessoas.
É isso aí, minha gente.
Um beijo! :*

Coisas alheias #23

O dia estava apenas começando. A claridade, insistente, invadia o ambiente através dos vidros. Meio entorpecida, cansada e pra baixo, ela olhava para aquele dia úmido e quente que estava nascendo... apenas nascendo. O dia seria longo, e ela se sentia vazia, como se algo faltasse dentro dela. A tal da claridade estava irritando seu olhos, e lágrimas escorriam pelo seu rosto. Ela pensou... tentava se explicar, mas toda a vez que o fazia, se sentia boba, e com razões pequenas, perto dos problemas reais. Infantil, idiota, ao seu jeito. Palavras parecia emaranhadas em sua boca, palavras era engasgadas, e isso resultava num choro silencioso, fazendo uma trilha em seu rosto, que rapidamente secava por causa do vento frio da manhã. Ela só queria companhia, só queria um abraço. Se sentia como um dia chuvoso, onde a chuva de emoções estava a fazendo desmoronar, e ela não sabia como conter. 

17 de janeiro de 2012

Resenha: Cidade das Cinzas - Cassandra Clare




Cidade das Cinzas
Autora: Cassandra Clare
Editora: Galera
Páginas: 404

Sinopse: Clary Fray só queria que sua vida voltasse ao normal. Mas o que é “normal” quando você é uma Caçadora de Sombras assassina de demônios, sua mãe está em um coma magicamente induzido e você de repente descobre que criaturas como lobisomens, vampiros e fadas realmente existem? Se Clary deixasse o mundo dos Caçadores de Sombras para trás, isso significaria mais tempo com o melhor amigo, Simon, que está se tornando mais do que só isso. Mas o mundo dos Caçadores não está disposto a abrir mão de Clary — especialmente o belo e irritante Jace, que por acaso ela descobriu ser seu irmão. E a única chance de salvar a mãe dos dois parece ser encontrar o perverso ex-Caçador de Sombras Valentim, que com certeza é louco, mau... e também o pai de Clary e Jace. Para complicar ainda mais, alguém na cidade de Nova York está matando jovens do Submundo. Será que Valentim está por trás dessas mortes? E se sim, qual é o seu objetivo? Quando o segundo dos Instrumentos Mortais, a Espada da Alma, é roubada, a aterrorizante Inquisidora chega ao Instituto para investigar — e suas suspeitas caem diretamente sobre Jace. Como Clary pode impedir os planos malignos de Valentim se Jace está disposto a trair tudo aquilo em que acredita para ajudar o pai? Nessa sequência de tirar o fôlego da série Os Instrumentos Mortais, Cassandra Clare atrai os leitores de volta para o lado mais obscuro do submundo de Nova York, onde amar nunca é seguro e o poder se torna a mais mortal das tentações. 

Cidade das Cinzas, o segundo livro da série Os Instrumentos Mortais é... de tirar o fôlego. Com um mistério que envolve do começo ao fim, Clary imaginava que não poderia ficar pior, a vida lhe dá uma surpresa e faz com que muita coisa aconteça: sua mãe, Jocelyn, está internada em coma.Valentim fugiu e deixou todos com os nervos à flor da pele. Mas quem disse que, mesmo desaparecido, ele não estaria tramando algo?
Jovens do Submundo, vampiros, lobisomens e fadas, estão sendo encontrados mortos, porém, além de mortos... todo o sangue presente em seus corpos estão sendo drenados. As suspeitas caem em cima dos vampiros, as Crianças Noturnas, mas logo eles, Clary, Luke, Jace e companhia, descobrem que é mais um trambique de Valentim para subir ao poder e derrotar a Clave. E ele está utilizando os Instrumentos Mortais para conseguir fazer um exército de demônios para tal efeito.
E como se não bastasse, Jace está sendo acusado pela Inquisidora, de ser aliado e espião de Valentim e que ele está trabalhando para o pai. Jace se vê sozinho, já que todo mundo, pareceu acusá-lo de uma hora para outra, e ainda ele tem que lutar pelo que sente por Clary... afinal, ele não pode... não deve, mas ela é como um ímã para ele.
Já Clary, depois de se descobrir Caçadora de Sombras, tem que lidar agora com o fato que seu melhor amigo, além se sentir algo por ele também, acabou se tornando um vampiro (ooops!), e que as coisas vão se tornar um pouco diferentes... e Jace, a cada vez que o vê, que o toca... 
Mas no fim, as criaturas do Submundo e os Caçadores de Sombras terão que se juntar para combater Valentim e impedi-lo de destruir tudo e subir ao poder. A guerra está declarada, Mundanos!
Tirando o fato de eu ter passado o livro todo pensando "meu Deus, não, não, a Clary tem que descobrir que o final de Cidade dos Ossos é mentira, ela tem, não é possível", acho que esse foi o fato de eu ter devorado o livro, quase literalmente.
Nem preciso falar o quanto essa série está me surpreendendo. E, depois da saga de Harry Potter, eu nunca consegui me prender a alguma outra, igual Os Instrumentos Mortais está fazendo. Leve, sensual, misteriosa e engraçada (e olha que não estou falando do Jace... aiai), te prende do início ao fim, e com aqueeela vontade de quero mais.

Beijo e até a próxima :*

15 de janeiro de 2012

Blábláblá #5 - Filme: Cidade dos Ossos

Bom dia! :D
Pois é, vim falar mais um pouquinho da série que estou viciada, literalmente, no momento: Os Instrumentos Mortais. A cada livro, a cada página virada, me surpreendo ainda mais com a história. E com os personagens. Se tudo der certo, terça-feira é dia de resenha, e o livro da vez será Cidade das Cinzas.
Mas, como eu postei sobre Jogos Vorazes, essa série também terá uma adaptação cinematográfica, o que anda bem comum ultimamente. Não lembro em qual blog li, mas falava que depois da Saga Crepúsculo, isso virou modinha... mas enfim, vamos às informações.

Estão confirmados para interpretarem Clary e Jace os atores: Lily Collins e Jamie Campbell.
Não tenho nada contra ao Jamie, mas algo nele não me chama a atenção. Mas vamos aguardar. Se a química entre os atores forem boa, a série conseguirá ser melhor representada... mas se não for... :s
Screen Gems é o estúdio atrás desse filme (o estúdio de “O Senhor dos Anéis”). Como diretor “Cidade dos Ossos” terá Scott Stewart que é conhecido pelos filmes “Legion” (2010) e “Priest”.
Para quem leu o primeiro livro, essas são algumas das máquinas que serão utilizadas: A Carruagem da Meia-Noite – o carro com o qual o Irmão Jeremiah leva Clary e Jace à Cidade dos Ossos - e a Motocicleta dos Vampiros.

As filmagens devem começar ainda no primeiro semestre desse ano e o lançamento deve ocorrer do meio do ano para o fim de 2013. O que nos resta é aguardar ansiosamente, e ver como será o filme. E do fundo do meu coração, eu espero que a história do filme não fuja muito da história do livro, afinal, tem coisa mais frustrante de que ver um filme baseado num livro e com uma história TOTALMENTE diferente?

Beijinhos e até mais! :*
Fontes: Babi Dewet, Idris.

13 de janeiro de 2012

Blábláblá #4 - Filme: Jogos Vorazes

Buenos dias!
Como vocês devem saber, esse ano terá uma adaptação cinematográfica da obra literária Jogos Vorazes. Lendo a sinopse do livro, achei bem interessante, e, se tudo der certo, logo irei comprar os livros e lê-los.
Mas, enquanto isso, vamos ficar com o trailer e umas informações sobre o filme.





"Jogos Vorazes é o primeiro livro da trilogia que recebe o mesmo nome. No Brasil, o segundo livro foi lançado com o nome de Em Chamas (originalmente, Catching Fire) e o terceiro, chamado A Esperança (Mockingjay), deve chegar às livrarias no segundo semestre deste ano.
A trama se passa num futuro distópico em que desastres naturais e guerras destruíram o mundo como conhecemos hoje. A América do Norte foi transformada num país chamado Panem, dividido em treze distritos que são controlados pela Capital autoritária. Certo dia, o Distrito 13 se rebela e acaba sendo destruído. Para punir os demais distritos e evitar novas rebeliões, a Capital cria os Jogos Vorazes, uma espécie de reality show anual em que cada distrito deve ceder (por meio de sorteio) um menino e uma menina entre 12 e 18 anos para entrar numa arena para lutar pela própria vida. Entre os 24 tributos, como são chamados, apenas um pode sobreviver no final.
É nesse contexto que somos apresentados a Katniss Everdeen, uma jovem de 16 anos moradora do Distrito 12, o mais pobre de toda Panem. Katniss perdeu o pai jovem e mantém sozinha a mãe e a irmã de doze anos, Prim. Na 74ª edição dos Jogos, Prim é escolhida para participar e Katniss, desesperada, toma seu lugar e entra na arena.
Muitas reviravoltas e uma crítica ferrenha à sociedade consumista e egoísta em que vivemos transformam Jogos Vorazes numa série indispensável, que recomendo a público de todas as idades.
O filme baseado no primeiro livro já está sendo filmado e chegará aos cinemas de todo mundo no dia 23 de março de 2012. Ele será dirigido por Gary Ross (Pleasantville) e escrito pelo diretor e pela autora dos livros, Suzanne Collins. No Brasil, será distribuído pela Paris Filmes."

Ficaram ansiosos? Pelo que percebi, esse é um dos filmes mais esperados desse ano. E a minha vontade de ler o livro só aumentou. D:
Aiai, vamos aguardar!
Beijão!

Fonte: Distrito 13

12 de janeiro de 2012

News #21 - Pré-Lançamento

Bom dia, minha gente linda!
Vim aqui divulgar um pré-lançamento da Editora Arqueiro, A Sombra da Lua!


Sinopse: Depois de oito anos na polícia de St. Paul, em Minnesota, Virgil Flowers recebe o irrecusável convite para fazer parte do Departamento de Detenção Criminal do estado, com a promessa de assumir apenas casos importantes. O que ele não podia imaginar era que a investigação mais difícil de sua carreira estava prestes a começar.
Jim Stryker, xerife na pequena Bluestem, procura Virgil após um médico idoso e a esposa serem mortos em casa. A cidade, que não registrava nenhum crime grave fazia 20 anos, está em pânico e a polícia local não tem experiência para lidar com o caso.
Para agravar a situação, um novo assassinato ocorre quando Virgil inicia as investigações. O recluso Bill Judd morre num incêndio criminoso. Na década de 1980, ele dera um golpe milionário nos fazendeiros da região, desaparecendo com o dinheiro.
Em uma cidade onde todos se conhecem, Virgil descobre que vários moradores tinham motivos para desejar a morte das três vítimas e que os crimes podem ter ligação tanto com uma seita de fanáticos religiosos quanto com o tráfico de drogas.
Com um ritmo rápido e envolvente, A sombra da lua mistura adrenalina com uma pitada de humor. Um dos grandes trunfos do livro é o charme despojado de seu protagonista, três vezes divorciado, fã de botas de caubói e escritor nas horas vagas.
***
Confira um pouco sobre o livro:
Com mais de três milhões de exemplares vendidos no mundo, A sombra da lua confirma John Sandford como um dos escritores policiais mais talentosos da atualidade. 
Acostumado a assumir casos difíceis, o investigador do Departamento de Detenção Criminal de Minnesota Virgil Flowers é mandado a Bluestem, uma pequena cidade do interior, para ajudar a polícia local a solucionar um crime que chocou a população: um casal de idosos foi morto em sua residência com requintes de crueldade. 
Ao chegar à cidade durante a madrugada, Virgil é surpreendido por um incêndio no alto de uma montanha. A casa do fazendeiro Bill Judd é consumida pelas chamas e seu proprietário morre sob os escombros.
Bill era um homem recluso e odiado. Há muitos anos, esteve à frente de um esquema fraudulento que levou centenas de fazendeiros à falência. Embora o dinheiro nunca tenha aparecido, ele foi julgado e absolvido. Além disso, seu envolvimento com várias mulheres casadas era de conhecimento de todos na região.
Virgil não acredita em coincidências e fica intrigado com a morte do fazendeiro. Afinal, a pacata Bluestem passou duas décadas sem um único crime e nas últimas semanas foi cenário de três homícidios.
Determinado a encontrar uma ligação entre os assassinatos, o investigador começa a conversar com os moradores e a descobrir seus segredos. Contudo, revirar o passado de uma pequena cidade pode trazer sérias consequências para um forasteiro.


***
Beijão, e até mais! :*

11 de janeiro de 2012

Resenha: Eu Sou o Número Quatro - Pittacus Lore

Eu Sou o Número Quatro
Autor: Pittacus Lore
Editora: Intrínseca
Páginas: 350

Sinopse: Nove bebês aliens estão se escondendo entre os seres humanos, eles fugiram de seu planeta natal, Lorien, para se esconder na Terra. Uma espécie invasora, os Mogadorians, destruíram seu planeta, e seguiram eles a Terra para caçá-los. Cada um dos nove aliens é dado a um tutor para desenvolver seus poderes sobre-humanos enquanto se tornam adultos e lhes são atribuídos números. Estas últimas crianças de Lorien só pode ser mortas na sequência de seus números.

Imagine que seu planeta natal tenha sido dizimado. Não fisicamente e nem tanto espiritualmente. O planeta ainda respira em seu núcleo, mas em sua superfície nada vive. É como um pão de queijo que queimou: está delicioso por dentro, mas a casca o faz intragável.
Lorien era um planeta lindo e mágico, todas as formas de vida coexistiam em harmonia... até o dia do ataque.
Numa tentativa de destruir o inimigo e reconstruir o planeta, nove crianças foram enviadas a Terra para crescer, treinar, evoluir e combater os Mogadorianos.
“Nosso plano era crescer, treinar,  ser mais poderosos e nos tornar apenas um. Mas eles nos encontraram antes. E começaram a nos caçar”
Viver fugindo, mudando de cidade, de escola, não poder fazer amigos. Dormir todas as noites esperando ter que sair correndo em plena madrugada e deixar tudo pra trás, de novo.
Essa é a história de John, o número quatro, o próximo da lista.
“Nove de nós escaparam... O número m foi mortou na Malásia. O número dois foi assassinado na Inglaterra. O número três foi perseguido e capturado no Quênia. Antes de ir atrás dos outros, eles virão atrás de mim... eu sou o número quatro.”
Quando a terceira cicatriz aparece queimando no tornozelo de John, ele sabe que terá de deixar tudo e se mudar, de novo. O destino dessa vez é Paradise, Ohio.
Sua nova casa é simples, térrea, fachada de madeira, pintura branca já descascada, telhas pretas e velhas. Na frente da casa, três degraus levam a uma sacada modesta com cadeiras bambas e um quintal longo e abandonado.
Um SUV preto está estacionado atrás da casa, pertence a Annie Hart, a corretora de imóveis, mãe de Sarah Hart.
Sarah é linda, cabelos louros e lisos abaixo dos ombros, pele branca e olhos azuis. John a conhece no primeiro dia em seu novo colégio. E se apaixona perdidamente por ela.
A garota é fotógrafa do colégio e logo vem retratar o novo aluno que é facilmente notado, como em todo colégio de cidade pequena. John fica com vergonha, mas também desconfiado. Foi treinado pra isso. Se sua imagem acaba em algum site ele pode ser localizado facilmente pela raça inimiga. Tanto cuidado, tantas fugas, tudo pode acabar sendo em vão por uma simples foto em um facebook qualquer. Mas o que pode ser feito? Ela é tão linda!
John quebra todas as regras logo no primeiro dia de aula: se deixa fotografar e arruma confusão com Mark James. Mark é filho do xerife, melhor jogador de futebol do time da escola, ex-namorado de Sarah e futuro aliado importante na luta contra os Mogadorianos.
Muitas regras são quebradas por John durante o livro, a maioria para salvar Sarah. Por ironia do destino ele é encontrado por um erro de Henri, seu “tutor” aqui na terra, que vai atrás dos editores da revista caseira sobre UFOlogia “Eles Estão Entre Nós” por publicarem um artigo sobre Mogadorianos e seus planos de invadir a Terra.
Somando esse deslize de Henri com um vídeo de John voando por uma janela com Sarah e dois cães nos braços que foi postado no YouTube, os inimigos descobrem sua localização e iniciam o ataque.
A manobra começa enquanto John ainda está na escola. Ele tenta fugir de lá com Sarah, mas é surpeendido por mãos muito mais fortes. É a Número Seis.
Seis é mais forte que John e seus Legados (habilidades) são muito mais evoluídos. Força, invisibilidade e telecinésia. Uma aliada forte e inesperada.
A luta e o final da historia só vai saber quem ler o livro! E o quão especial é Bernie Kosar, o cachorro de John, também.
Achei o livro bem interessante, exceto o romance envolvido e voltado pras menininhas que me lembrou muito a saga do vampirinho purpurina. Gosto muito de UFOlogia e acredito na existência de seres de outros planetas (não me julguem!). Confesso que comecei a ouvir barulhos no quintal durante o ataque dos Mogadorianos e tive um pouco de dificuldade em dormir quando li sobre como eles eram. Ok, podem me julgar agora.
É isso! O livro é muito bom e to esperando a Pri me dar o “O Poder Dos Seis” que é o próximo livro da série. OUVIU, PRI? =p
Até a próxima resenha! (TALVEZ seja do “Nós Vamos Invadir Sua Praia” sobre a Ultraje A Rigor e o início do rock no Brasil).

10 de janeiro de 2012

Resenha: Cidade dos Ossos - Cassandra Clare

Cidade dos Ossos
Autora: Cassandra Clare
Editora: Galera
Páginas: 462

Sinopse: Um mundo oculto está prestes a ser revelado... Quando Clary decide ir a Nova York se divertir numa discoteca, nunca poderia imaginar que testemunharia um assassinato - muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer... Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria. 

Um assassinato numa discoteca. É isso que faz a vida de Clary mudar. Mas não era uma assassinato qualquer... as pessoas envolvidas eram um tanto quanto diferentes. É assim que começa a aventura de Clary e, junto com seu melhor amigo Simon, eles vão descobrindo que existem várias formas de vida na terra, não somente os mundanos (humanos). 
O assassinato do menino de cabelos azuis, na discoteca, fez com Clary questionasse sua sanidade, já que ela era a única pessoa que estava enxergando os assassinos: uma menina extremamente bonita, Isabelle, dois caras, um tanto misteriosos: Jace, de cabelos dourados, e Alec. Ela, Clary, descobre que o trio são Caçadores de Sombras e que o garoto morto, era um demônio.
A partir daí, Clary se vê no meio desses seres místicos (não é esse, exatamente, o termo correto) e começa a descobrir coisas sobre si mesma e o mundo que vive, percebendo que durante seus 15 anos muitas coisas lhe foram escondidas.
Sua mãe, de uma hora pra outra, quer se mudar da cidade, e Clary não aceita, saindo de casa e vá se encontrar com Simon. Esse é o estopim para que toda a história se desenrole, ou então, enrole ainda mais. Eles foram para um local onde o amigo de Simon iria recitar um de seus (péssimos) poemas. O que Clary não esperava, é que encontraria Jace de novo lá. Ele lhe conta sobre os Caçadores de Sombras e suas Marcas (tipo tatuagens, finas e brancas). Todo irônico, com um "que" de convencido, irritante e charmoso, ele fica ao lado de Clary quando ela resolve ir para a sua casa, após um telefonema misterioso de sua mãe, pedindo para que ela não volte, que fique segura em algum outro lugar e que recorra a Luke, um amigo da família.
Teimosa, Clary vá até sua casa, onde é atacada por um demônio, e salva por Jace... Depois dele a levar para o Instituto, Clary vai descobrindo coisas que foram ocultas em sua vida, como ela ser uma Caçada de Sombras, o motivo pelo qual ela e sua mãe estão sendo procuradas e atacadas. Clary, também vai descobrir uma atração por Jace em conflito com uma confusão de sentimentos em relação à Simon.
- E se eu tivesse as tatuagens? - perguntou Clary. - Poderia utiliza-las?
- Não - disse Jace mal-humorado. - As Marcas são apenas partes de um todo. Existem  testes, provações, níveis de treinamentos... ouça, esquece isso, tá? Fique longe das minhas lâminas. Aliás, não toque em nenhuma das minhas armas sem permissão.
- Lá se vai meu plano de vendê-las no eBay - resmungou Clary.
- Vendê-las onde?
Clary sorriu maliciosamente para ele.
- Um lugar místico de grande poder mágico.
Isso e mais alguns mistérios vão movimentando a história e fazendo com que ela ganhe um desenrolar o qual eu não esperava! Clary, para a idade dela relatada, em minha opinião, é bem madura, assim como os outros. Os elementos sobrenaturais utilizados no livros foram abordados de uma forma bem ampla, porém, em alguns aspectos, não sei porque, me fizeram lembrar de Crepúsculo. E, uma pequena observação, é que em alguns pontos me senti meio perdida na história, tendo que voltar e reler para entender.
Mas, considerando ao todo, foi um livro que realmente me surpreendeu e que me prendeu do começo ao fim. As capas, tanto deste quando dos outros livros, são lindas, lindas, lindas e acho que isso despertou ainda mais a minha vontade de tê-los e lê-los. E claro, fiquei super encantada com Jace (sarcástico mas super fofo), em uma cena... que... aiai, só lendo mesmo. ;)

Beijão e até a próxima! :*

Sorteio de férias!

Bom dia!
Uma supresinha pra vocês: um sorteio de férias!
Vejam o que será sorteado e como participar! :D
Será sorteado um kit, contendo:
- Nove marcadores;
- Um bloco de notas do livro "O Diário de Suzana para Nicolas";
- Um button do livro "A Maldição do Tigre";
- Um livreto de "O Diário de Suzana pra Nicolas";
- Um adesivo do Grupo Editorial Pensamento.

Quer ganhar?
É facil! Veja como participar:
- Seguir publicamente o  Stuck on Them (no Google Friend Connect) (obrigatório);

- Siga @priscilapg92 no Twitter. (obrigatório);
- Tuitar ou dar RT/divulgar (obrigatoriamente) a seguinte frase: 

#Sorteio de férias: eu vou ganhar o kit que a @priscilapg92 está sorteando! http://kingo.to/XiY
Ou
clique aqui e dê RT!

O sorteio será realizado no dia 30/01, pelo site sorteie.me.  A pessoa sorteada terá 3 dias para me responder (seja por twitter, ou por e-mail), e caso isso não ocorra, o sorteio será realizado novamente. Se a pessoa sorteada não estiver cumprindo as regras, ela será desclassificada e o sorteio será realizado novamente.

Não deixem de participar!
Beijos e boa sorte :D

9 de janeiro de 2012

Blábláblá #3

Boa tarde, pessoas.
Enquanto eu dava uma pausa na leitura de Cidade dos Ossos, vi uma notícia que achei um tanto curiosa e, como vocês devem saber, sou fã de Green Day e decidi compartilhar aqui. 
Enquanto eu fuçava no The Nimrods, vi tal notícia:

Green Day vira modelo do John Varvatos
O estilista nova iorquino John Varvatos convidou o trio verde para o lançamento da sua nova coleção, inspirada na cidade de Nova York e no Rock’n'roll.
Para a divulgação foi apresentado um vídeo inspirado no filme ‘O Equilibrista’ do dublê Philippe Petit e na foto ‘Construction Workers Lunching on a Crossbeam’ do fotografo Charles C. Ebbets. Ele mostra Billie, Mike e Tre no topo de alguns prédios e se equilibrando, enquanto desfilam com as roupas e sapatos do estilista. E para completar, a trilha sonora é o instrumental de ‘21st Centurty Breakdown’.
Varvatos explica a inspiração para propaganda: “É a apenas combinação certa entre o descontraído e o ultrajante. Ele representa perfeitamente a qualidade de estrela da banda no único lugar grande o suficiente para deter eles”.
O diretor do vídeo, Danny Clinch concorda com o estilista: “A ideia era retratar o Green Day como algo maior que uma vida cheia de Rock’n’roll, como John pensa e traduz na sua linha de roupas. Sentimos que essas imagens acertaram em cheio”.
Então chega de enrolação. Veja a propaganda da coleção Primavera/Verão de John Varvatos, com o Green Day:



Bom... como fã da banda eu nunca imaginei isso. Mas achei bem interessante. Logo volto com mais notícia sobre o mundo da música, também ;)
Beijão!
Fonte: The Nimrods

8 de janeiro de 2012

News #20

Olá minha gente :D
Espero que estejam bem nesse domingo.
Bom, eu tava vagando na internet, quando vi a capa do 5º livro da série Instrumentos Mortais, da Cassandra Clare, e eu vou confessar, já estou mais da metade do livro... e é viciante. Pena que não vou poder ler os 3 de uma vez, eu acho (tenho uns livros de parceria que precisam ser resenhados). Mas bem, acredito que essa série promete muito, e pelo que fique sabendo, haverá uma adaptação da série pro cinema. Ansiosos? Eu estou e muito! O quarto volume, City of Fallen Angels, já foi lançado lá fora, mas aqui no Brasil ainda não há previsão para lançamento. Já o sexto livro, sem nome por enquanto, tem data prevista para lançamento em 2013.
Um novo ano significa uma nova aventura para os Caçadores de Sombra de Cassandra Clare.
A autora continua sua série YA de sci-fi/fantasia, Os Instrumentos Mortais, com o quinto livro, City of Lost Souls, e aqui está a capa do volume que chega às lojas em 8 Maio (em inglês). Mas maio está um pouco longe, então por enquanto chequem o prólogo do livro para aumentar a vontade:

"Simon ficou parado e encarou sem expressão a porta da frente de sua casa.
Ele nunca conheceu outro lar. Esse era o lugar que seus pais o trouxeram quando ele voltou da maternidade.
Ele cresceu entre as paredes daquela casa geminada no Brooklyn. Ele brincou na rua embaixo da sombra das árvores no verão, e fez trenós improvisados de tampas de latas de lixo no verão. Nessa casa, toda sua família sentou o Shivá depois de seu pai morrer. Ali ele beijou Clary pela primeira vez.
Ele nunca imaginou um dia em que as portas daquela casa estariam fechadas para ele. A última vez que ele viu sua mãe, ela o chamou de monstro e implorou para que ele fosse embora. Ele a tinha feito esquecer que ele era um vampiro, usando o glamour, mas ele não sabia quanto tempo isso iria durar. Enquanto ele ficou no ar gelado do outono, olhando para frente, ele sabia que não tinha durado o suficiente.
A porta estava coberta de símbolos – estrelas de Davi pintadas com tinta, a forma incisa do símbolo de Chai, vida. Teffilin estavam restritos à maçaneta e aldrava. Um hamesh, a Mão de Deus, cobria o olho mágico.
Entorpecido, ele colocou sua mão no mezuzá de metal afixado no lado direito da entrada. Ele viu a fumaça subir do lugar onde sua mão tocou o objeto sagrado, mas não sentiu. Sem dor. Somente uma terrível vazio, crescendo lentamente numa raiva fria.
Ele chutou a parte de baixo da porta e ouviu o eco através da casa. “Mãe!” ele gritou. “Mãe, sou eu!”
Não teve resposta – somente o som dos parafusos sendo girados na porta. Sua audição sensível reconheceu os passos de sua mãe, sua respiração, mas ela disse nada. Ele podia sentir o cheiro acre de medo e pânico mesmo através da madeira.
“Mãe!” Sua voz falhou. “Mãe, isso é ridículo! Me deixe entrar! Sou eu, Simon!”
A porta vibrou, como se ela tivesse sido chutada por dentro. “Vá embora!” A voz dela estava rouca, irreconhecível com o terror. “Assassino!”
“Eu não mato pessoas.” Simon encostou sua cabeça na porta. Ele sabia que provavelmente poderia derrubá-la, mas qual seria o ponto? “Eu disse a você, eu bebo sangue animal.”
Ele ouviu ela murmurar, suavemente, várias palavras em Hebreu. “Você mato meu filho,” ela disse. “Você o matou e colocou um monstro em seu lugar.”
“Eu sou seu filho"
“Você usa o rosto dele e fala com a sua voz, mas você não é ele! Você não é o Simon!” A voz dela subiu para quase um grito. “Saia da minha casa antes que eu te mate, monstro!”
“Becky,” ele disse. Seu rosto estava molhado; ele levantou suas mãos para tocá-lo e elas voltaram manchadas: suas lágrimas eram sangrentas. “O que você disse a Becky?”
“Fique longe de sua irmã.” Simon ouviu um um ruído de dentro da casa, como se algo tivesse sido derrubado.
“Mãe,” ele disse novamente, mas dessa vez sua voz não subia. Saiu como um sussurro rouco. Sua mão começou a latejar. “Eu preciso saber – Becky está aí? Mãe, abra a porta. Por favor-”
“Fique longe da Becky!” Ela estava andando para longe da porta; ele podia ouvir. Então veio o guincho inconfundível da porta da cozinha sendo aberta, o estalo do linóleo quando ela pisou nele. O som de uma gaveta sendo aberta. Subitamente, ele imaginou sua mãe pegando uma das facas.
Antes que eu te mate, monstro.
O pensamento fez ele voltar a ficar de pé. Se ela o atacasse, a Marca iria aparecer. Iria destruí-la como destruiu Lilith.
Ele deixou sua mão cair e andou para trás devagar, tropeçando nos degraus e na calçada, se encostando no tronco de uma das grandes árvores que sombreavam o quarteirão. Ele ficou onde estava, encarando a porta da frente de sua casa, marcada e desfigurada com os símbolos do ódio de sua mãe por ele.
Não, ele se lembrou. Ela não o odiava. Ela pensava que ele estava morto. O que ela odiava era algo que não existia. Eu não sou o que ela diz que sou.
Ele não sabia quanto tempo ele teria ficado ali, encarando, se seu telefone não tivesse tocado, vibrando no bolso de seu casaco.
Ele o pegou por reflexo, notando que o padrão na frente da mezuzá –Estrelas de Davi interligadas – estava queimado na palma de sua mão. Ele trocou de mão e encostou o telefone em sua orelha. “Alô?”
“Simon?” era Clary. Ela parecia sem ar. “Onde você está?”
“Em casa,” ele disse, e parou. “Na casa da minha mãe,” ele corrigiu. Sua voz soava oca e distante em seus próprios ouvidos. “Por que você não voltou para o Instituto? Estão todos bem?”
“É exatamente isso,” ela disse. “Assim que você saiu, Maryse voltou do telhado onde Jace supostamente estava esperando. Não tinha ninguém lá.”
Simon se moveu. Sem nem perceber o que estava fazendo, como uma boneca mecânica, ele começo a andar pela rua, na direção da estação de metrô. “O que você quer dizer com não tinha ninguém lá?”
“Jace tinha ido embora,” ela disse e ele podia ouvir a tensão na voz dela. “E Sebastian também.”
Simon parou na sombra de uma árvore sem folhas. “Mas ele estava morto. Ele está morto, Clary”
“Então me diga porque ele não está lá, porque ele não está,” ela disse, sua voz finalmente falhando. “Não tem nada lá em cima além de sangue e vidro quebrado. Eles dois foram embora, Simon. Jace foi embora…”

***

Vixi, não vejo a hora dos volumes 4 e 5 serem lançados aqui no Brasil. Ai, ai, ai, ansieeedaaade!
Quer saber aonde vi essas informações? Corre lá nos blogs Babi Dewet, Livros em Série e  USA Today.
Beeeijão! :*

7 de janeiro de 2012

Dia do leitor

Ler. Muita gente considera isso um bom hábito. Considera uma pessoa nerd, considera uma pessoa que cria fantasias para se esconder da realidade. Na verdade, como uma leitora assídua, é quase isso que acontece. Ler abre caminhos e cria mundos. Mundos que são tão diferentes do que vivemos. Uma realidade paralela. Ler acalma a alma; aguça a imaginação, libera a mente. Tem quem ache que ler fará de uma pessoa fora de si, uma pessoa que acredita em contos de fadas, magia, monstros, abracadabra! Mas quem lê, posso garantir, terá uma força, uma grande arma a favor de si. Se algum dia lhe atacarem dizendo que você vive fora do mundo real, levante a cabeça, não sinta vergonha. Não se deixe intimidar. Você, melhor do que ninguém, sabe que isso não é verdade. Ninguém sabe da sua vida melhor que você. E daí, se você gosta de acreditar em contos, em príncipes? Isso não quer dizer que você viva em função de tal. E daí, que se você lê e quer tem um padrão de vida igual a escrita num livro? Quem poderá julgar o que é melhor pra você, se não você mesmo? Pessoas têm o PÉSSIMO hábito de julgar outras. Já fui julgada, e na minha opinião bem injustiçadamente, por eu ter esse blog e ler muito. Já falaram que minha pessoa era "menininha-que-vive-fora-da-realidade". Só que o engraçado, é que essas DUAS pessoas que falaram isso, não conseguem enxergar o próprio umbigo, e perceber que não chegam aos meus pés para poder falar algo desse tipo. Soou prepotente? Pode ser, mas muitas vezes, pessoas julgam pelo o que você faz de melhor. E quando me criticam ou ofendem algo que gosto, não penso duas vezes em defender com unhas e dentes. Poderia até falar para tacar um livro na cabeça da pessoa que lhe disser isso ou algo do tipo, mas o livro não irá merecer. Somente diga, que se cada um tivesse o hábito da uma leitura diária, qualquer leitura, o mundo, talvez estaria uma pouquinho melhor. Bem pouquinho.
E quando me perguntam se pretendo parar de "mexer" com livros... eu falo que não, eles já fazem parte da minha essência. 
Feliz dia do leitor! :D

6 de janeiro de 2012

Blábláblá - Top 5

Bom dia, people!
Como vocês estão?
Estava aqui no ócio dessas férias, aí resolvi movimentar um pouco esse blog. Resolvi fazer um Top 5 (o que foi difícil, porque, se dependesse de mim, iria ficar Top 20), das personagens femininas que foram adaptadas para o cinema \o/.

#5 - Becky Fuller (Uma Manhã Gloriosa - Diana Peterfreund)
Ok, ok, eu vou admitir, ainda não li esse livro, mas é porque não tive como comprá-lo ainda. D: Mas não aguentei esperar e acabei vendo o filme. Becky é engraçada. Jornalista, louca, fanática pela profissão, lutadora, e o melhor, ela não desiste fácil. Como não li o livro, não posso julgar muito, mas achei a atuação da Rachel McAdams muito boa, e que o papel foi a cara dela.
*Corrigindo, a Amanda me informou que o livro foi adaptado por causa do filme... então... bom, acho que não muda muito, porque eu realmente ainda quero ler :P

#4 - Hermione Granger (Harry Potter - JK Rowling)
Sim, não podia faltar ela. Adoro a Hermione e ela foi um dos personagens em Harry Potter que mais sofreu mudanças, e Emma Watson não poderia ter representado melhor. Curiosa e inteligente, acho que ela fez a saga ficar ainda melhor. Sou suspeita a falar de Harry Potter, já que posso dizer que foram um dos melhores livros que já li.

#3 - Amelia Mignonette Grimaldi Thermopolis Renaldo, ou só Mia (O Diário da Princesa - Meg Cabot)
Claaaaaaaaaaaro que ela não podia faltar aqui. Adoro a Anne, ela foi perfeita nesse papel. Apesar de que o filme 2 não seguir NADA dos livros da continuação da série, Anne conseguiu deixar Mia, ainda melhor. no primeiro então... nem se fala. Podem falar o que quiser, ms essa série e esses livros estão nos meus favoritos, também. :P

#2 - Delilah Darling (Qual Seu Número? - Karyn Bosnak)
Geeeente, tanto no livro quanto no filme dei muita risada com a Delilah. Louca, louca, louca. Apesar do filme não descrever tão bem as viagens que ela fez atrás dos ex's de sua vida, Anna Faris, a atriz, é tão louca quanto. Só uma coisa que, na minha opinião. Eles deveriam seguir mais o livro quanto na questão do personagem. Se não me engano, Delilah é morena no livro, e no filme, acabou se tornando loiríssima. Mas ainda assim, ela é uma das melhores adaptações.

#1 - Emma (Um Dia - David Nichols)
Pois então, ela de novo. Amei esse livro, como já deixei bem claro aqui, e também, amei a adaptação dele pro cinema. Mas acho que vale optar minha opinião, também.O filme ficou lindo com a Anne e o Jim, eles tem uma química incrível como Dexter e Emma, mas, não me matem, sei que a adaptação do livro não é como sempre esperamos... mas acho que faltou VÁRIOS pontos importantes que não abordaram e que realmente fariam toda a diferença, ou tornariam o filme ainda melhor. Tanto um como o outro, filme e livro, fizeram eu chorar. Pois é, e olha que eu nunca choro em livros e filmes! Agora, voltando para Emma. Eu adoro ela, porque, em primeiro lugar, me identifiquei com ela em diversos pontos, e segundo... é a Anne. ahahahha.

Bom, pessoal, espero que tenham gostado. E comentem, sobre o que acharam, sua opinião, se alguém deveria entrar ou então, sair dessa lista. E aceito sugestão para o próximo top 5!
Beijão, pessoas!

3 de janeiro de 2012

News #19 - Nova Parceria!

Aaaaah, amigos, voltei hoje de novo para divulgar uma novidade linda aqui no blog!
O Stuck começou 2012 com grande estilo (e muita sorte hihih). Semana passada, houve a seleção dos novos parceiros da Editora Suma das Letras! E tchan tchan tchaaaaaan: O STUCK ENTROU PRA LISTA \O/ Fiquei muito muito muito feliz!

To vendo que 2012 será recheado de novas leituras e livros muitos interessantes para resenhas, divulgação e claaaaaro, promoções pra vocês!
Hihi, aguardeeem que logo terá novidades!

Beijão pra todos!