12 de dezembro de 2011

Coisas alheias #21

E se me perguntassem o que eu mudaria em mim, para me tornar melhor? Eu responderia que gostaria de ser forte. Para aguentar a barra, poder suportar a dor e enfrentar meus medos e vergonhas, sem me conter. Mas.... eu não sou assim. A cada sofrimento que você tem, parece que algo se despedaça dentro de mim. E ainda assim, eu tenho que segurar aquelas lágrimas insistentes que teimam em queimar meus olhos. Respirar fundo, e fingir que nada acontece ou aconteceu. Realmente, eu te amo. E muito. E é estranho, se posso usar essa palavra. Nunca me imaginei passando por cima de algumas coisas e suportando mais do que eu costumava a suportar. Eu sei, a vida às vezes não é justa, não é fácil. Mas não é preciso enfrentar e resolver tudo sozinho. Nem desistir. Venha, eu vou segurar sua mão na escuridão, ou quando estiver prestes a cair. Deita aqui, escute as batidas do meu coração, e observe as estrelas. Não podemos alcançá-las, mas podemos sonhar que, um dia,   poderíamos tê-las. Olhe em meus olhos, e sorria. Ah, seu sorriso...

2 comentários:

  1. AWN Que fofinho Priscila, amei! *--*

    ResponderExcluir
  2. Nossa que legal que ficou!!!..queria poder escrever assim tb, mas não levo jeito!!!!!kkkk

    bjus

    ResponderExcluir